Uso de Dados para a Transformação Digital

bigdata

Como você toma decisões? Em que confia para promover mudanças?
Feeling? Opiniões? Fé?
Neste artigo falaremos sobre o uso de dados (ex. comportamento de consumo, demografia, concorrência, etc.) para a tomada de decisão, especialmente no contexto da transformação digital.

No passado, o uso de dados para a criação de estratégias de negócios era restrito às grandes empresas, por serem caros de se obter e difíceis de se armazenar. Hoje uma enorme quantidade de dados é gerada, tanto por empresas quanto por pessoas comuns e o armazenamento na nuvem é cada vez mais barato e amigável, sendo o atual desafio a capacidade de transformar esta grande quantidade de dados em informações relevantes.

Outra mudança foi em relação à forma de se obter os dados, que antes era um resultado de pesquisas e inventários físicos, mas hoje esses mesmos dados são produzidos em grande quantidade por meio de conversas, interações e processos dentro e fora das empresas, incluindo pelos meios digitais como redes sociais, dispositivos móveis e sensores. Tais dados, que antes eram “propriedade” de um setor de inteligência, podem, hoje, ser usados em todos os departamentos da empresa para a geração de informações estratégicas.

Preparamos 3 dicas para te ajudar a melhorar a performance do seu negócio através do uso de dados:

  1. Cuidado com o excesso.

Nem 8 nem 80. Extremos normalmente costumam limitar as chances de sucesso de uma iniciativa e isso vale para o uso de dados também. Na prática, podemos dizer que, enquanto poucos dados podem deixar o empreendedor cego para riscos e oportunidades, o excesso deles pode paralisar ou até criar um esforço de gestão desproporcional e burocrático. Assim, entenda quais os dados são realmente relevantes e concentre-se neles.

  1. Saiba interpretar se baseando no negócio

Depois de conseguir os dados que precisa, você saberá o que fazer com eles? Tão importante quanto ter os dados é entender quais os gatilhos para a ação, se o cenário apontado por eles é pontual ou recorrente e quais fatores (humanos e técnicos) impactam no resultado que eles estão expressando. Esta capacidade de interpretação não pode ficar apenas na cabeça dos gestores de área, mas sim na documentação de processos oficial da organização.

  1. Sistematize o processo

Captar, analisar e transformar dados em ação é uma tarefa recorrente e que exige disciplina e muitas vezes depende de várias pessoas. Assim, transformar esta ação em um processo organizado e documentado, no qual fique claro: o que deve ser feito, como deve ser feito, em qual sequência deve ser feito, quem é o responsável por fazer, o que é preciso se ter para fazer, o que é esperado que seja gerado e quais os descritores avaliam a eficiência da ação.

Assim, em uma era em que os dados são abundantes, o diferencial de uma empresa é saber convertê-los em ativos estratégicos, contando inclusive com a ajuda de parceiros de negócio para a construção de uma base de dados relevante. Além de prevenir riscos de negócios, os dados certos e convertidos nas informações certas, são o primeiro passo do processo de inovação.

Quer saber mais sobre Transformação Digital?  Disponibilizamos uma trilha completa sobre o tema, basta CLICAR AQUI e acessar o material.

Esperamos que esse conteúdo tenha sido útil para você. Coletando de maneira eficiente e usando os dados certos com sabedoria você irá deixar sua organização ainda mais preparada para a transformação digital. Se precisar de ajuda para usar os dados de maneira eficiente em sua empresa, estaremos aqui para te ajudar!


Facebook Comments

Deixe um comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *