Olá fotografia!

fotografia

A fotografia sempre foi uma parte da arte que me chamou muita atenção. Sempre fiz dança e teatro junto na minha infância e me pegava registrando alguns momentos com o olhar, pensava como seria possível registrar tudo aquilo realmente como eu as via .


Minha família sempre gostou muito de fotografia, cada momento ou situação é motivo para ser registrado, começamos com uma máquina de filmes, que na época registrava crismas, dentes caídos ou quando eu colocava sapatos de saltos da minha mãe e saia pela casa usando apenas isso. A fotografia tem o poder de “guardar” o momento como foi vivido, bom pelo menos uma fotografia bem feita, porque no começo minha fotografia registrava apenas borrões e vultos por falta de conhecimento do equipamento.
O tempo foi passando o filme ficou ultrapassado e o digital chegou em casa.

oly_fe110frontback
Uma linda Olympus FE-110 com 5.o Megapixel que na época era ótima e super bem vista (mas que hoje toda capacidade dela de 5.0 Megapixels se resume a minha câmera frontal do meu atual celular), ganhamos ela em uma rifa.
Tudo era motivo para querer registrar. Como era de se imaginar as fotos não ficavam como eu imaginava e como gostaria que elas ficassem.
O tempo foi passando e comecei “a gostar do resultado” dessa câmera, fui aprendendo a usar melhor e obter resultados bons! Mais ainda não eram resultados que eu esperava.
Ela foi minha maior incentivadora de não desistir na primeira (ou várias) tentativas e quando comecei a fotografar com outras câmeras ou até mesmo celulares, não deixei de pensar no que ela me ensinou.
A tecnologia vem avançando e celulares vão conseguindo qualidade e resultados até mesmo parecidos com câmeras profissionais, o que por uma lado torna registrar mais fácil e cômodo (não precisamos mais carregar celulares e máquinas fotográficas dentro da bolsa) e por outro lado assusta pensar no resultado comparando o tamanho dos dois equipamentos.
Na publicidade nos dias de hoje a minha Olympus não teria nem chance, porém um Iphone 7 com todos os seus recursos e qualidades teria e tem chance até mesmo para comercial.
O que importa para mim é a idéia, o conhecimento no equipamento e o olhar. O equipamento é importante mais não é tudo. A tecnologia vai avançar cada vez mais e a publicidade vai inovar  e mostrará o seu produto ao mundo  de todas as formas possíveis e você vai acompanhar tudo, como eu acompanhei com a minha companheira (Olympus).
Agradeço a Opympus FE-110 por me ensinar em longos anos o que seria minha grande paixão.

E você qual é a sua paixão?

Facebook Comments

Deixe um comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *