Ainda vale a pena estudar publicidade?

By on 18 de julho de 2017 in Criatividade

“Se você tem vontade de ver coisas incríveis acontecendo, histórias que jamais achou que poderia ver, essa é sua profissão.”

A frase, com uma boa dose de otimismo é de Ricardo Ribeiro, diretor sênior de arte da agência Rapp Brasil.

Mesmo que não ocupe as listas de profissões do futuro ou dos cursos mais buscados do vestibular, a publicidade deixou de ser sinônimo de propaganda e comerciais de TV.

Ela tornou-se algo sobre o comportamento humano.

publicidade-2

Neste contexto, há um entusiasmo com a profissão não pelo glamour de antes, mas pelas dezenas de oportunidades que ela traz.

O caminho é longo, mas a descoberta é de que existe um mundo a ser conquistado.

A publicidade continua sendo uma área em que você vai enxergar o nascimento de campanhas e projetos. Além de conhecer pessoas com muito conhecimento.

Nicolas Henriques, gerente de planejamento da Mutato, observa um mercado cada vez mais pulverizado e descentralizado.

“Isso é muito interessante e promissor para o recém-formado, porque possibilita testar e encontrar novas áreas e possibilidades que antes não existiam”, diz.

Segundo ele, as grandes empresas entendem cada vez mais de estratégia e conteúdo.

O que mudou

“A publicidade agora trabalha de um novo jeito dentro do próprio cliente. Institutos de pesquisa que entregam além do comportamento.

Além dos escritórios de design thinking e consultorias excelentes para entregas específicas. Em resumo, uma série de atividades e funções novas começam a surgir no cenário para quem está começando”, observa.

Ainda de acordo com Henriques, existem alguns velhos conceitos sobre publicidade que já não funcionam como antigamente.

“Devemos parar de glamourizar o excesso de trabalho, aquela questão de viver a vida na agência e achar que isso se traduz em grandes entregas, assim como também acreditar que tudo deve ser criado pensando em levar prêmios.

publicidade-3

O mais interessante é pensar que devemos buscar entender o outro, sairmos de nossa pequena, mas resistente, bolha publicitária.

Precisamos nos afiarmos muito em números, dados, pesquisas para alimentar nossa criatividade, diz ele.

Gustavo Bonfiglioli e Ariel Nobre, sócios da Pajubá Diversidade em Rede, alertam que a pauta da diversidade é outro tema importante para a publicidade.

Como vem ganhando cada vez mais visibilidade, logo deve estar no radar de quem tem interesse pela profissão.

“Mas enquanto muito planner e cliente insiste em enxergar a diversidade como uma oportunidade conjuntural, outras minorias revelam que a questão é muito mais profunda e estrutural.

“Trata-se de legitimar a existência de pessoas que sempre estiveram à margem do mercado”, afirmam Bonfiglioli e Nobre.

Fonte: meioemensagem.com.br

Um chroma-key pra Snaps

By on 11 de julho de 2017 in Mídias Sociais, Novidades

A Snap Inc. voltou a sua luta para se manter relevante mesmo após o Facebook declarar uma guerra contra a empresa através de seu Instagram Stories. A ideia da companhia, ao que parece, é parar de condenar cada passo agressivo da turma de Mark Zuckerberg em sua direção e voltar a fazer o que eles fazem de melhor: criar recursos e ferramentas criativas para o Snapchat.

Na sua atualização mais recente, o app ganhou algumas novidades bem interessantes.  Há pouco tempo era o favorito dos jovens por todo o mundo ganhou  – e que deve agradar quem não andava muito animado com o programa. Acredite, há opções para todos os gostos!

Chapter-2-Trends-in-User-Generated-Content

Sua marca utiliza UGC (User Generated Content)?

By on 5 de julho de 2017 in Marketing Digital, Mídias Sociais

Você está lutando para gerar engajamento para sua empresa e percebe que os resultados não melhoram com a geração de conteúdos atuais?  O tema de hoje talvez pode auxiliar neste grande desafio.

Já percebeu que grandes marcas utilizam o conteúdo gerado pelo próprio usuário e consequentemente possuem um resultado melhor do que seus velhos posts com aquelas molduras? Nós estamos falando de UGC (User Generated Content) que nada mais é do que o conteúdo gerado pelo usuário/cliente. Segundo a Bazaar Voice, 64% dos millenials e 53% dos baby boomers desejam compartilhar suas opiniões sobre marcas, enquanto outros estudos mostram que os consumidores confiam no conteúdo gerado pelos usuários mais do que em todas as outras formas de mídia.

fast-food

Por trás do “Job”

By on 5 de julho de 2017 in Marketing Digital

Hoje em dia é comum algumas agências de publicidade viverem em um fluxo frenético de atendimento tentando garantir a satisfação do cliente. Não é uma tarefa nada fácil e envolve muitos setores e fatores, que tenho em mim que nem a metade dos clientes saibam que existem, por isso esse post vai ser uma tentativa de mostrar que o sistema “fast food” não funciona em agências de publicidade.

fotografo-publicitario-malaga

Fotografia Publicitária

By on 28 de junho de 2017 in Criatividade, Fotografia

Nos últimos anos, empresas e profissionais passaram a investir bem mais em fotografia. Aliás, se tratando de fotografia publicitária, aconteceram grandes avanços tornando mais modernos compacto, possibilitando muito mais qualidade na produção de imagens. Graças a Steven Sasson (engenheiro / Kodak), passamos da fotografia analógica (filme) para a fotografia digital.

Descobriram o avô da escala Pantone!

By on 27 de junho de 2017 in Criatividade, Design

Em 1692, há 271 anos, muito antes da Pantone catalogar todas as cores, um artista chamado “A. Boogert” descreveu cada tom imaginado e criou um livro de 800 páginas sobre pinturas e aquarelas.

Boogert não só começou o falando sobre o uso das cores na pintura, mas explicou como a misturar as nuances. Ao adicionar 1, 2 ou 3 partes de água, além de utilizar uma escala igual aos tempos modernos. A premissa parece simples, mas o resultado do manuscrito é quase incompreensível por conta de seus inúmeros detalhes em holandês.

comScore-2016-global

Foco no Futuro: Relatório Global da comScore

By on 25 de junho de 2017 in Marketing Digital

Uma das responsabilidades de quem trabalha com Marketing Digital é acompanhar as tendências e os estudos que são realizados mundo afora. Empresas como a comScore disponibiliza em seu site diversas pesquisas e estudos relacionados com o uso da internet, comportamento do consumidor, tendências de uso em ferramentas, entre diversos outros tópicos. Ainda atual, em outubro de 2016, foi divulgado em seu site o relatório global de 2016, chamado Future in Focus.

5 tendências de marketing digital que vão dominar os próximos anos

By on 20 de junho de 2017 in Marketing Digital, Novidades

Uma pesquisa conduzida pela Managing Digital, feita com profissionais de marketing, gestores e consumidores do mundo, apontou quais seriam as tendências de marketing digital e tecnologia mais interessantes para os próximos anos.

O Marketing de Conteúdo foi apontado por 20,3% dos entrevistados como a principal tendência, seguido do Big Data (20,2%) e Marketing de Automação (10,3%).